ads

Oficina de máscaras


Durante o mês de agosto, os alunos do pólo Sebastião Patrício tem passado por Oficina de Máscaras. A oficina ainda está em andamento, pois, a confecção de uma máscara demanda certo tempo e a paciência é importante para se chegar a bons resultados.

As máscaras serão usadas no espetáculo "Ploc, a borboleta mais linda que eu já vi" (texto de Roberto Villani e direção da professora responsável pelo pólo Rafaela Salomão) onde nos últimos momentos do espetáculo há baile de máscaras onde Dom Louva-Deus tentará reconhecer, entre as senhoritas com quem dançará, aquela que será sua noiva.

A foto dessa postagem é do primeiro processo da confecção das máscaras com uso de atadura gessada para tirar o primeiro molde do rosto da pessoa que usará a máscara.