ads

A gente cabe mas se esquece


Falar de assuntos urgentes em nossa sociedade nos dias atuais é extremamente importante, com isso o Grupo de Teatro Primitivos traz um espetáculo de dança para mostrar esse assuntos, porque o corpo pode falar por si só. Inicia o espetáculo com os atores em cena com olhares de tristeza, para compor as cenas dois praticáveis que se tornam importantes em toda a performance do grupo.
Os Jovens corpos dançam suas dores, medos e depressões, ficando assim muito fortes em cena porque os atores sabem o que estão falando e os assuntos que estão sendo tratados são vivenciados por eles, tratando assim de temas como Gordofobia, preconceitos aos negros, aos gays e as mulheres.
Uma das cenas tem a trilha sonora Stand By Me, e assim entram cinco atores, quatro de um lado de cabelo lisos e outra do outro lado de cabelo cacheado, os quatro atores jogam seus lindos cabelos lisos de um lado para o outro menosprezando a atriz de cabelo cacheado, em um determinado tempo da música entra um ator de cabelo cacheado, depois outra e por último uma de cabelo crespo, assim tornando mais forte iniciam também o movimento de cabelo, o outro grupo se sente derrotado e saí restando apenas os de cabelos cacheados e assim os mesmos levantam as mãos como resistência.
Para encerrar os dois praticáveis virarem uma imensa mesa de jantar, vários tipos de comida e os atores fazem as suas misturas, como se nem ligasse para o que a sociedade estava lhe dizendo, se divertem,sorriem, brincam. E assim se torna especial a Noite.
           
             Escrito por Isabela Cassimiro, atriz e professora de teatro.