ads

O Processo de Montagem de Toada dos Esquecidos



A peça é composta por alunos Jovens da Escola de Teatro Faces formando assim o Grupo Caos de Teatro, nome escolhido pelo mesmo, os Professores Responsáveis são Darci Souza, André Sontak e Ana Dorst.
A montagem deste espetáculo é vibrante e cheia de referência política, com isso a história se inicia com uma trupe que rouba o ouro e saí em viajar numa Kombi. Nesta montagem os atores usam máscaras do tradicional Bloco dos Caretas, do Carnaval de Guiratinga para compor as personagens montadas pelos alunos.
Outro elemento que ganhou força no espetáculo foi o teatro de sombras assim os atores se alternavam entre momentos diante do público e momentos em que se colocam por trás do tecido criando imagens incríveis. O espetáculo contém um Batman Lambadeiro que ri da má sorte dos personagens.
A cada parada acontece um assassinato restando apenas uma atriz e o Batman, aonde descobrem que os sacos de ouro, que foi representado por santinhos de política, foi rasgado pelo Batman que o mesmo mata a última personagem.
Toada dos Esquecidos traz dois mundos e uma história fabulante encerrando a primeira Noite do XII Festival Velha Joana.

Escrito por Isabela Cassimiro, Professora de Teatro e Atriz.